Reflexões virtuais que se vão acumulando como pedra sobre pedra. Ora com mais cimento, ora mais soltas. Sem pretensão alguma, a não ser a de disponibilizar alguma ideia que "peregrine" nesta cabeça sobrelotada... Eu disse... sobreLOTADA!!

.posts recentes

. Atenção é tornar profundo...

. Indicações para percorrer...

. Notícias breves

. Florescerá a justiça nos ...

. Rezando com um salmo

. Saber escutar

. Liberdade ou compromisso?

.arquivos

. Novembro 2013

. Março 2009

. Julho 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2007

A Dor

A Dor

 

É a dor que parte a casca

Do vosso entendimento.

Como o caroço do fruto se deve partir

para que o seu coração se ofereça ao Sol,

assim deveis conhecer a dor.

 

E podereis guardar o vosso coração

maravilhado pelo milagre

de estar vivo todos os dias,

e a vossa dor

não aparecerá menos maravilhosa

que a vossa alegria.

 

E aceitareis as estações do vosso coração

como aceitastes as estações

que passavam pelos campos.

 

Muito do vosso sofrimento

fostes vós que o escolhestes.

 

É a poção amarga por meio da qual

o médico cura o vosso eu doente.

 

Confiai no médico e bebei a poção

calados e tranquilos.

 

Pois a sua mão,

apesar de dura e pesada

é guiada pela mão bondosa do Invisível;

 

E a taça que oferece,

apesar de vos queimar os lábios,

foi moldada da argila

que o oleiro molhou

com as suas lágrimas.

 

(K. Gibran, A Dor in: O Profeta, AO Braga 1990 5ª, 74-75)

publicado por p joaomaria às 23:33
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.links

.contador

anuncios gratis
anuncios gratis
blogs SAPO

.subscrever feeds