Reflexões virtuais que se vão acumulando como pedra sobre pedra. Ora com mais cimento, ora mais soltas. Sem pretensão alguma, a não ser a de disponibilizar alguma ideia que "peregrine" nesta cabeça sobrelotada... Eu disse... sobreLOTADA!!

.posts recentes

. Atenção é tornar profundo...

. Indicações para percorrer...

. Notícias breves

. Florescerá a justiça nos ...

. Rezando com um salmo

. Saber escutar

. Liberdade ou compromisso?

.arquivos

. Novembro 2013

. Março 2009

. Julho 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

Sábado, 28 de Julho de 2007

Saber escutar

Já lá vai quase uma semana, mas ainda tenho bem presente na memória (e sobretudo no coração) a palavra de Jesus “Maria escolheu a melhor parte [sentou-se aos seus pés a ouvi-lO]”.

Releio agora os apontamentos do prof. José Carlos Bermejo, sobre "Relação de ajuda" e de novo recordo a experiência da outra semana, em que nos dávamos conta, pelos exercícios práticos que no dava para fazermos, como é tão difícil escutar. Não apenas ouvir (com os ouvidos), mas escutar… para lá das palavras, entrando em comunhão com o mundo do outro, estabelecendo empatia, interessando-me verdadeiramente por ele e pelo que me diz e ainda pelo que sente e não me diz…

“Escutar é a diaconia da caridade nas orelhas” dizia o professor. Acrescento eu que nas orelhas e no coração. Dou-me conta de como é difícil… de como exige conversão… não no sentido moral, mas enquanto voltarmo-nos para o outro, deixarmos o nosso umbigo como centro gravitacional de referência…

E eu que dizia tantas vezes que tinha sido treinado para ouvir e que, portanto, estava mais habilitado a ouvir que a falar…

Eu que digo tantas vezes que rezar é mais ouvir o que Ele nos segreda no silêncio do nosso íntimo, do que aquilo que lhe dizemos e ele já sabe…

Afinal… ouvir (e ouvi-lO) é não apenas algo necessário, mas também a “melhor parte”. É um desafio para este tempo de férias – para mim e para quantos queiram.

PS: Não quero deixar de ter uma palavra para as “Martas” que generosamente preparam qualquer coisa que sirva de pretexto para a comunhão à volta da mesa. Em especial para tantas que habitualmente me presenteiam com essa dedicação por esta época do ano. Bem vistas as coisas, Maria escolheu a melhor parte, o que quer dizer que a parte da Marta também não deve ser má!!!

P. J. Maria

publicado por p joaomaria às 00:04
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De migalhasdepao a 28 de Julho de 2007 às 00:45
Olá!
Aprendeste bem a lição! É porque soubeste escutar.
Um abração
De p joaomaria a 28 de Julho de 2007 às 18:07
Obrigado Zé, pela simpatia, mas não estou tão certo de ter já aprendido. Pelo menos dou-me conta de que me falta caminhar muito. Em palavras de José Régio, poeta português que deixou a sua marca em Portalegre, "sei que não vou por ali"...
Isso já é uma vantagem...
Um abraço e boas férias
J. Maria
De elsa nyny a 29 de Julho de 2007 às 00:02
João!
Adorei este post!
As tuas palavras vieram bem de encontro ao que eu sinto e penso, nomeada mente a parte em que referes..."Eu que digo tantas vezes que rezar é mais ouvir o que Ele nos segreda no silêncio do nosso íntimo, do que aquilo que lhe dizemos e ele já sabe… "
Todos deviam sentir isso e po-lo em pratica!

beijinhos para ti!

De Anónimo a 29 de Julho de 2007 às 12:03
Sabe escutar, sim Padre!
O pior será desaprender e se isso algum dia acontecer não se dará conta e não fará a pergunta:(
Bjs
De p joaomaria a 31 de Julho de 2007 às 01:06
Olá, caro(a) anónimo(a):
Por falar de desaprender, essa foi a primeira lição: a necesidade de desaprender muito do que julgava como a maneira certa de ouvir e de... responder. Desaprender a ouvir como quem julga à partida que entende o outro, que já sabe o que ele pensa e sente... Portanto, desaprender a partir dos (pre)conceitos...
Mas é verdade que fazer a pergunta significa pelo menos vontade de aprender.
Boas férias com tempo para a disponibilidade de ouvir, de escutar...
Um abraço
P. João Maria
De Lia a 8 de Agosto de 2007 às 19:57
Não sei como vim aqui parar, mas deve ter sido
através da Elsa... Desculpe a ousadia sim?

Também me interrogo muito sobre esta Palavra que refere no seu post... Sim, Maria escolheu a melhor parte, mas se Marta não se ocupasse do restante serviço o SENHOR não jantava??

Gostei muito do seu blog. Um abraço
De lena a 15 de Agosto de 2007 às 15:49
Muitas vezes pensamos que nos basta ouvir... Ouvir a Palavra d'Ele, dos amigos, dos colegas, dos conhecidos... esquecemo-nos de saborear aquilo que ouvimos, esquecemo-nos de escutar com o coração! Nao nos lembramos que esta... é a melhor parte! Acredito que, com o passar do tempo, aprendamos a abrir o nosso coração com a caridade e humildade que Ele nos pede...
Beijocas
De elsa nyny a 3 de Setembro de 2007 às 00:42
Hoje venho trazer-te um presente! Aceitas?

bjts
De Migalhas a 12 de Outubro de 2007 às 00:01
Sei que hoje (11.10.07) não podes postar. Estás ocupado (assim como eu!). Mas já é tempo de o fazeres!!!!
De p joaomaria a 13 de Outubro de 2007 às 22:12
Tens rzão! Já é tempo, as tempo não é somenteo crnoógico e a presença não é soente estar ao pé de... (diza-nos esta manhã o prof Michel Renaud aos qe tivémos a felicidade de o ouvr em Lisboa). A verade é q me dsorgan izei com o tempo inteior qndaa utro ritm e o ronómetyro não pra, tornando dificil a cinidência entre um eouto.Quem sabe as aulas dste fim de semana ão sevrão como pedra de toque q d´o empurrozinho? Afinl á comecei a parilhar cois do lá uvi.
Umabraço e bom fi md e semana.
Joã aria

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.links

.contador

anuncios gratis
anuncios gratis
blogs SAPO

.subscrever feeds