Reflexões virtuais que se vão acumulando como pedra sobre pedra. Ora com mais cimento, ora mais soltas. Sem pretensão alguma, a não ser a de disponibilizar alguma ideia que "peregrine" nesta cabeça sobrelotada... Eu disse... sobreLOTADA!!

.posts recentes

. Atenção é tornar profundo...

. Indicações para percorrer...

. Notícias breves

. Florescerá a justiça nos ...

. Rezando com um salmo

. Saber escutar

. Liberdade ou compromisso?

.arquivos

. Novembro 2013

. Março 2009

. Julho 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

Quinta-feira, 8 de Março de 2007

Rezar com um salmo (Sl. 15)

 
Tu és o meu bem (Salmo 15)
 
1. Entrar no espírito deste salmo
Existe um ícone de Rublev que representa as três pessoas da Santíssima Trindade. Conta-se que um menino, ao contemplá-lo, disse: “Como estas pessoas são amigas entre si!” As três pessoas formam um círculo de amor, que está aberto em baixo, para que chegue até nós a sua entrega e assim podermos entrar na sua intimidade.
Deus Trindade, ou Deus Amor, apresenta-se a nós como um amigo diante do qual nos atrevemos a ser como somos. Com Ele respiramos livremente. Compreende-nos. Podemos estar calados diante dele, não há problema. Ele gosta de nós. Protege-nos. Podemos chorar com Ele, rir, cantar, amar. No lugar onde estamos, Ele vê-nos, conhece-nos, amam-nos.
 
2. Ler o Salmo
Guarda-me, Senhor: Tu és o meu refúgio.
Digo ao Senhor: «Tu és o meu bem!».
Senhor, parte da minha herança e do meu cálice,
o meu destino está nas tuas mãos.
 
Bendigo o Senhor que me aconselha,
E até durante a noite me inspira.
O Senhor está sempre na minha presença,
Com Ele a meu lado, não vacilarei.
 
Por isso o meu coração se alegra
e a minha alma exulta
e até o meu corpo descansa tranquilo;
porque não me abandonarás no túmulo,
nem deixarás o teu fiel conhecer a corrupção.
Tu me ensinarás o caminho da vida,
Me encherás de gozo na tua presença,
De alegria perpétua à tua direita.
 
3. Como rezá-lo?
· Entra na intimidade da Trindade, onde há uma comunicação tão viva de amor.
· Sê feliz e alegra-te, porque a Trindade quis fazer do teu coração a sua morada.
· Vive na sua presença, porque mesmo de noite, te ensina e te forma no seu amor.
· Diz ao Senhor que a tua sorte está nas suas mãos.
· Pede-lhe o que necessitas, mas sobretudo pede-lhe que esteja contigo, já que é a tua herança e nada mais quer do dar-se a ti.
 
4. Como vivê-lo?
Amar os outros é honrar o Espírito, pois eles são seus templos vivos. Respeita a dignidade de cada homem e de cada mulher, luta pela sua alegria. Orar em cada dia é dar glória a Deus, porque todo o ser humano é a Glória de Deus.
Conta-se que Leónidas, pai de Orígenes (autor cristão egípcio do século III), costumava beijar o peito do seu filho que estava a dormir, por reverência a Deus presente nesse tabernáculo vivo do coração do seu filho.
 
Adaptado de Rosário Gil e Pedro Tomás Navajas, Quaresma, tempo de oração, ed. Salesianas, Porto 2006, p. 50-52.
 
sinto-me:
publicado por p joaomaria às 00:55
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De parocalegre@sapo.pt a 13 de Março de 2007 às 23:17
Está bem!
De joao a 14 de Março de 2007 às 19:08
Só isso?!
Então naõ se arrnaja mais nada p'ra dizer!!!
Vá lá!
Aaaaa..

Boa!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.links

.contador

anuncios gratis
anuncios gratis
blogs SAPO

.subscrever feeds